O que é o Humuleno e o que esse cannabis terpeno faz?

Total
0
Shares

As sutis notas de terra, madeira e especiarias que dão às cervejas artesanais seu sabor e aroma distintos também são parcialmente responsáveis ​​por dar à cannabis seu aroma único. Tanto o lúpulo quanto a cannabis compartilham um terpeno comum: o humuleno.

Mas há mais do que o seu charme herbáceo no humuleo. Este terpeno é encontrado em uma grande variedade de plantas e tem sido usado durante séculos em práticas medicinais orientais holísticas.

A Humuleno também não é estranho à pesquisa biomédica moderna, incluindo estudos sobre a pimenta-do-reino, o lúpulo e o ginseng, e a pesquisa provou que ele é um inibidor eficaz anti-inflamatório, antibacteriano e do apetite.

Espécies de Cannabis contendo Humuleno

Na cannabis, o humuleno é um terpeno bastante comum e está presente em quantidades modestas em uma variedade de variedades de cannabis. É parcialmente responsável por dar à planta seu distinto buquê de aromas picantes, herbáceos e subtilmente florais.

Semelhante ao myrcene e ao pinene, o humuleno é um elemento fundamental no perfil aromático total do cannabis.

No entanto, o humuleno geralmente aparece em quantidades um pouco menores do que suas contrapartes terpênicas, muitas vezes tomando um assento no perfil de sabor de uma cultivar com suas notas sutis de terra e florais.

Algumas espécies com concentração de humulina acima da média incluem:

– Death Star
– Headband
– Thin Mint GSC
– Original Glue
– Candyland

Perfil Exclusivo da Humuleno

O humuleno, anteriormente classificado como α-cariofileno, é um sesquiterpeno com o nome de Humulus lupulus, também conhecido como a planta do lúpulo. Lúpulo e cannabis são ambos da família taxonômica Cannabaceae, e o humuleno desempenha um papel importante em fornecer as mesmas notas aromáticas para ambas as espécies de plantas.

O Humuleno partilha a mesma fórmula química que o seu parente próximo, o β-cariofileno, no entanto, os dois sesquiterpenos diferem na estrutura. Muitas das mesmas plantas que contêm β-cariofileno – como manjericão, sálvia e cravo – também contêm humuleno, e os dois têm aromas muito semelhantes.

Benefícios e efeitos do Humulene

O potencial médico e terapêutico do humuleno é expansivo e bem pesquisado. Um estudo de 2016 mostra que pode ajudar a eliminar células cancerígenas quando combinado com fitocanabinóides e outros terpenos.

Humuleno está presente em muitos óleos essenciais de grau terapêutico e o uso de tais óleos para fins de cura remonta séculos. O terpeno está presente no óleo de bálsamo (também conhecido como óleo essencial de balsamea), e acredita-se que seja um mecanismo ativo no combate aos tumores, evidenciado pela sua capacidade de produzir espécies reativas de oxigênio (ROS).

O óleo também mostrou possuir propriedades antibacterianas em outro estudo, mostrando-se ativo contra a bactéria Staphylococcus aureus (também conhecida como staphylococcus) quando administrado em pequenas quantidades. S. aureus é uma bactéria presente em nossos corpos em todos os momentos, mas pode desempenhar um papel em uma série de infecções desagradáveis ​​e doenças quando expostas.

O Humuleno também desempenha um papel na farmacocinética – o estudo de como o corpo absorve, distribui, metaboliza e excreta drogas – mostrando potencial para ser distribuído rapidamente por todo o corpo por absorção oral e tópica de um óleo derivado da planta tropical sálvia negra ( Cordia verbenacea). O óleo desta planta também mostrou propriedades anti-inflamatórias, antifúngicas e antibacterianas.

O humuleno também desempenha uma função importante no ciclo de vida de uma planta de cannabis antes da colheita. Começando com a síntese na cabeça do tricoma, o humuleno e outros terpenos auxiliam na capacidade de defesa de uma planta, ajudando a deter pragas e prevenindo infestações por fungos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Cannabis medicinal no Brasil: veja o que muda com as novas regras da Anvisa

A regulamentação de produtos à base de maconha no Brasil foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (3). Com a decisão, produtos feitos com cannabis para…
View Post