Osmar Terra, Ministro Da Cidadania Do Governo Bolsonaro, Expõe A Sua Verdade Sobre A Maconha Em Entrevista

Total
0
Shares

Quarta-feira (09) no programa Estúdio I da Globo News, Osmar Terra, Ministro da Cidadania do governo Bolsonaro, participou de um debate sobre a liberação da Cannabis (maconha). Além de Osmar Terra, esteve presente o parlamentar Thiago Mitraud (Novo/MG).

O Ministro Osmar Terra é abertamente contra a liberação do cultivo da maconha, mesmo em pequenas quantidades. Em contraponto o parlamentar Thiago Mitraud é defensor do plantio da maconha em pequenas quantidades para uso medicinal e coautor de projeto de lei para tal finalidade.

Osmar Terra afirma que poderosos querem a liberação da maconha
O ministro foi indagado sobre a posição do governo em relação a possibilidade de liberação do plantio. No questionamento os jornalistas afirmaram que a liberação beneficiaria muitos brasileiros pois o custo de remédios à base da Cannabis ainda é muito alto.

Em sua resposta o Ministro Osmar Terra informou que a maconha possui cerca de 480 substâncias e que apenas uma delas (o canabidiol) pode ser usada com o fim medicinal. Segundo o Ministro, apenas duas doenças, especificamente de crianças, podem ser tratadas com a droga. Enquanto que nos demais tipos de doenças envolvendo convulsões os outros remédios são mais efetivos.

Afirmou ainda que há grandes interesses econômicos por trás de projetos aparentemente inocentes, como o de aprovar o plantio da maconha para pacientes que sofrem com convulsões. Disse que há interesses de grupos que se beneficiariam com a liberação da droga.

Para Osmar Terra há comprovação de que os males causados pela maconha são muito pior. Lembrou que há comprovação científica de que a maconha provoca retardo mental além da diminuição do desempenho escolar e profissional, e o mais grave, a dependência. Explicou também que a maconha é a porta de entrada para outras drogas mais pesadas como a cocaína e o crack.

Entretanto o deputado Tiago Mitraud não vê problema na liberação do plantio. Alega que os preços dos remédios são muito caros. Também defendeu que já há pessoas e instituições liberadas pela Justiça para plantar maconha em suas casas.

Na sequência Osmar Terra evidenciou que a substância canabidiol já é liberada e que o SUS (sistema único de saúde) deve fornecer os remédios à base dessa substância às famílias mais carentes que necessitam do medicamento. O ministro de Bolsonaro também citou laboratórios que estão produzindo o canabidiol sintético, em fase de testes finais, no qual não se usa a Cannabis.

Ministro de Bolsonaro evidencia os perigos da liberação da maconha
Para Osmar Terra o Uruguai é um dos muitos exemplos mundiais que devemos considerar para não liberar o plantio da Cannabis. Naquele país é evidente o aumento da criminalidade e de homicídios após a liberação. Criticou o ex-presidente uruguaio José Mujica que defende a legalização da cocaína. Em um tweet o ministro mostrou alguns danos causados pela droga.

Com muita coragem, o ministro de Bolsonaro denunciou os interesses de grandes corporações e de pessoas poderosas. Continuamente tais organizações lutam para a liberação da maconha em diversos locais do mundo. Uma das fundações financiadoras mais conhecidas nessa questão das drogas é a Open Society Foudation, de George Soros, mas esse é um assunto que em breve traremos aos nossos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Anvisa adia decisão sobre maconha medicinal

BRASÍLIA — A decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a regulamentação da produção, plantio e transporte da maconha medicinal por parte de empresas farmacêuticas; e sobre o…
View Post

Após sucesso da maconha legalizada, estado dos EUA pode legalizar cogumelos alucinógenos

A legalização da maconha já é realidade em muitos estados norte-americanos. Sucesso até no mercado financeiro, o consumo legalizado da erva pode abrir espaço para a descriminalização dos cogumelos alucinógenos. Você não leu…
View Post