A erva feminina

Total
0
Shares

A empresária brasileira Viviane Sedola (foto) foi eleita pela revista americana “High Times” uma das 50 mulheres mais influentes no mercado de cannabis em todo o mundo. Viviane fundou em 2018 a plataforma “Dr. Cannabis”, que auxilia pacientes a terem contato com médicos que oferecem medicamentos e tratamentos com maconha medicinal, além
de fornecer suporte para os que precisam obter liberação na Anvisa para a compra e consumo desses remédios. Os casos que mais se beneficiam da plataforma são o tratamento de crianças com autismo e mulheres com forte síndrome pré-menstrual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Cannabis medicinal no Brasil: veja o que muda com as novas regras da Anvisa

A regulamentação de produtos à base de maconha no Brasil foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (3). Com a decisão, produtos feitos com cannabis para…
View Post

O FUTURO DA CANNABIS MEDICINAL NO BRASIL É UMA INCÓGNITA. CONHEÇA AS EMPRESAS QUE RESOLVERAM “COMPRAR” ESSA BRIGA

O uso medicinal da cannabis é permitido no Brasil? Se um médico prescreve um medicamento à base da planta, o paciente tem direito de comprar e usar esse fármaco? Com…
View Post

Juíza de Niterói autoriza doente de Parkinson a plantar maconha para tratamento

A juíza Rosana Navega, do 1º Juizado Criminal de Niterói, concedeu liminar para que uma senhora possa plantar e transportar cannabis sativa, a planta da maconha, para fins medicinais. Ela…
View Post

Brasil está atrás de outros países na liberação da cannabis

Milhões de pessoas ao redor do planeta sofrem com doenças que podem ser tratadas ou aliviadas com o uso do canabidiol, uma das substâncias que compõem a cannabis. Para tratar…
View Post