Entenda como funciona a legalização da “maconha” no Uruguai

Total
0
Shares

Aprovada em 2013, a lei que descriminaliza o uso da maconha no Uruguai permite três formas de acesso à droga:

    1. produção residencial ou o autocultivo, com até seis plantas por pessoa;
    2. A produção em clubes de usuários, que podem ter de 15 a 45 sócios;
    3. Desde 2017, a compra em farmácias está liberada.

Em julho de 2017, o Uruguai se tornou o primeiro país sul-americano a vender maconha com fins recreativos. A droga é produzida sob controle do Estado e comercializada no âmbito da lei de 2013 que regulamentou o consumo, a venda e a distribuição da cannabis sativa.

De acordo com levantamento do Instituto de Regulação e Controle da Cannabis (IRCCA) no Uruguai, há 34.108 consumidores — o que representa 1% da população — registrados de maconha no país, entre autocultivadores (que plantam a erva em casa), compradores e membros de clubes de cultivo.

Fonte: Gaúcha Zh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Brasil está atrás de outros países na liberação da cannabis

Milhões de pessoas ao redor do planeta sofrem com doenças que podem ser tratadas ou aliviadas com o uso do canabidiol, uma das substâncias que compõem a cannabis. Para tratar…
View Post