Anvisa tenta votar nesta terça-feira o uso medicinal da maconha

Total
0
Shares

A diretoria da Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, vai tentar votar nesta terça-feira (3) as propostas que tratam do uso medicinal da planta da maconha. Dois textos deverão ser analisados.

Um deles autoriza que a Cannabis sativa seja produzida no Brasil, para fins científicos. Pela proposta, o plantio só poderia ser feito por empresas e em ambientes fechados, sob supervisão da Polícia Federal e com autorização da Anvisa.

Todo o material só poderia ser vendido para instituições de pesquisa e indústrias farmacêuticas. O cultivo em casa, por pessoas físicas, continuaria proibido.

Já a segunda proposta autoriza que sejam produzidos no Brasil remédios à base da Cannabis sativa. O texto prevê que as empresas interessadas peçam à Anvisa o registro para a fabricação desses medicamentos e a venda seria feita em farmácias.

Os dois textos já foram aprovados de forma preliminar em junho e, depois, colocados em consulta pública para que a população opinasse sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Cannabis medicinal no Brasil: veja o que muda com as novas regras da Anvisa

A regulamentação de produtos à base de maconha no Brasil foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (3). Com a decisão, produtos feitos com cannabis para…
View Post

Cannabis: aprovado regulamento para uso medicinal

A Diretoria Colegiada da Anvisa aprovou, nesta terça-feira (26/11), o novo regulamento para produtos derivados de cannabis. O texto elenca os requisitos necessários para a regularização deles no país, estabelecendo…
View Post