Rastreador blockchain é um marco histórico para a indústria da canábis

Total
0
Shares

As empresas de cannabis medicinal estão se apressando em se inscrever na primeira plataforma de blockchain do mundo para rastrear seus produtos, das sementes à venda, de acordo com um relatório da ProActiveInvestors, em 3 de janeiro.

A plataforma StrainSecure, desenvolvida pela TruTrace, fornece testes, validação baseada em DNA e garantias de produtos para pacientes e clientes.

Rastreamento da semente à venda
A plataforma imutável e criptograficamente segura permite que os produtores de cannabis promovam uma confiança aprimorada entre os clientes em um setor famoso por cadeias de suprimentos não confiáveis.

“Ao nos concentrarmos em dados genéticos, químicos e contaminantes granulares, além de informações de movimento, depois, mesclá-los em uma blockchain, podemos fornecer dados em tempo real de cada produto que está sendo comprado.”

Piloto concluído recentemente
Os principais participantes da indústria de cannabis medicinal, como WeedMD e Harvest One Cannabis, participaram recentemente de um projeto piloto para a plataforma. Como parte do piloto, a WeedMD submeteu 40 de suas estirpes à validação.

Conforme relatado pelo Cointelegraph, a Aeternity está lançando uma plataforma de rastreamento de maconha no Uruguai. No entanto, a plataforma StrainSecure vai mais longe em seus testes e na validação baseada em DNA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Cannabis medicinal no Brasil: veja o que muda com as novas regras da Anvisa

A regulamentação de produtos à base de maconha no Brasil foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (3). Com a decisão, produtos feitos com cannabis para…
View Post