Por dois anos de teste, França autoriza cannabis medicinal

Total
0
Shares

O governo votou na última (25), como parte das propostas de previdência social para 2020, o projeto que permite que a maconha medicinal esteja disponível para certos pacientes na França. Isso depois que a Assemblée Nationale autorizou um teste de dois anos do medicamento. Foi apresentado pelo deputado Olivier Véran.

A agência de segurança médica ANSM ( Agência Nacional de Segurança do Medicamento e Produtos de Saúde ) já aprovou os planos.

O estudo significa que os pacientes considerados em um “impasse de tratamento”, que não estão respondendo ao tratamento existente, podem ser elegíveis para receber cannabis prescrito em uma base “terapêutica”.

Também permitirá aos médicos reunir evidências de possíveis efeitos colaterais e revisar o risco de dependência, dizem os especialistas.

Os pacientes em estudo podem estar sofrendo de certas formas de epilepsia resistente ao tratamento, dor neuropática que não responde a outro tratamento, espasmos musculares involuntários e / ou outras condições do sistema nervoso.

O medicamento também pode ser prescrito para pessoas que sofrem de efeitos colaterais da quimioterapia ou que estão em um estágio em que necessitam apenas de cuidados paliativos.

Fonte: Connexion France

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Cannabis medicinal no Brasil: veja o que muda com as novas regras da Anvisa

A regulamentação de produtos à base de maconha no Brasil foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (3). Com a decisão, produtos feitos com cannabis para…
View Post

Cannabis: aprovado regulamento para uso medicinal

A Diretoria Colegiada da Anvisa aprovou, nesta terça-feira (26/11), o novo regulamento para produtos derivados de cannabis. O texto elenca os requisitos necessários para a regularização deles no país, estabelecendo…
View Post