Uso medicinal da cannabis e pesquisa sobre a planta são tema de evento no Uruguai

Total
0
Shares

Buscando discutir a medicina e a pesquisa científica com a cannabis, o Uruguai realiza, em dezembro, a sexta edição da Expocannabis – evento internacional considerado o mais importante da indústria de cannabis no País. A exposição será nos dias 6, 7 e 8 de dezembro, em Montevidéu, com maior número de estandes de marcas nacionais e internacionais em relação às edições anteriores.

O Uruguai é pioneiro na discussão da evolução na indústria da cannabis. Em 2015, o evento resultou no primeiro Consultório de Orientação em Cannabis Medicinal do Uruguai. Este ano o consultório terá um setor exclusivo chamado Expocannabis Medicinal, com acesso independente. A medida busca separar os mercados do uso médico e do uso não-médico, respondendo às necessidades da indústria.

O foco da programação é promover informação e articulação sobre a cannabis medicinal, terapêutica e industrial, ampliando os conhecimentos sobre os diferentes usos da planta e colaborando para o desenvolvimento da indústria no País.
O evento dará o prêmio Daniel Vidart para estudos e projetos de pesquisa com temática relacionada ao uso da cannabis, em colaboração com a Prefeitura de Montevidéu. A Expocannabis também terá a Cannabis Conference, com ciclo de palestras, fóruns e workshops. Além disso haverá exposições informativas, estandes de patrocinadores associados ao desenvolvimento de pesquisa e um jardim com plantas de cannabis e cânhamo medicinal.

Fonte: O Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Vem aí a ExpoCannabis 2019 em Montevidéu

Para quem nunca foi, vale conferir como funciona a festa Todo final de ano acontece, em Montevidéu, a ExpoCannabis! A feira reúne uma diversa gama de produtos, iniciativas, debates, publicações…
View Post

Muito mais sustentável! Indústria da moda substitui algodão por fibra de “maconha” na produção têxtil

Depois de ser proibido por mais de 80 anos nos EUA, por possuir (baixas!) concentrações de THC, um dos princípios psicoativos da maconha, o cultivo de cânhamo está finalmente liberado…
View Post