Maior loja de maconha do mundo sofistica consumo da erva em Las Vegas

Total
0
Shares

Criada pelos empresários locais Larry Scheffler — também dono de uma gráfica local — e Robert Groesbeck — ex-prefeito da cidade vizinha de Henderson—, a Planet 13 tem capital aberto no Canadá (onde o consumo recreativo da maconha foi legalizado nacionalmente no mês passado) e apela ao público de alto poder aquisitivo: dependendo do tipo da erva, uma grama chega a custar US$ 20. Piteiras estilosas para vaporização também são vendidas na loja, que mostra em suas propagandas como o consumo da maconha também pode ser sofisticado.

“[Quem compra] são as mesmas pessoas que pagam US$ 12 em uma cerveja e nem ligam. Queríamos nos beneficiar dessa mentalidade de alto consumo”, disse Groesbeck àBloomberg.

O empreendimento, com custo de construção de US$ 8 milhões, ficará ainda mais completo em breve: estão previstos uma cafeteria e um “ambiente de degustação” para os produtos vendidos. Hoje, a loja já funciona 24 horas por dia, bem próxima aos cassinos Treasure IslandWynn e Pallazzo.

O ambiente de degustação é chave para potencializar o negócio, já que, em Nevada, fumar maconha é proibido em público, e os cassinos também não permitem o consumo nas áreas internas. Groesbeck espera conseguir das autoridades locais a autorização para ter um “lounge do fumo” que permita aos consumidores experimentarem a erva comprada ali mesmo. “Queremos que [a loja] seja um destino”, diz.

Há também o argumento da competição: em um dos principais destinos turísticos dos Estados Unidos (Las Vegas recebe mais de 42 milhões de pessoas anualmente, segundo a autoridade de turismo local), o mercado da maconha legal tende a crescer rapidamente. Um dos principais grupos já constituídos na área, a Green Thumb Industries, adquiriu recentemente uma série de lojas e espaços de cultivo em Nevada por US$ 290 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Cannabis medicinal no Brasil: veja o que muda com as novas regras da Anvisa

A regulamentação de produtos à base de maconha no Brasil foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (3). Com a decisão, produtos feitos com cannabis para…
View Post

Recicladora de resíduos de maconha ganha concessão do Colorado para desenvolver produtos de cânhamo de reposição

Uma startup de resíduos de maconha foi selecionada para receber uma doação de US $ 250.000 do Colorado para encontrar usos do mercado de reposição para resíduos de cânhamo e maconha. 9Fiber,…
View Post