‘Não estamos liberando drogas ao regulamentar a cannabis medicinal’

Total
0
Shares

O Estúdio CBN discute o uso medicinal da cannabis com a médica Paula Dall’Stella, o fundador de uma associação que cultiva a planta, Cassiano Teixeira, e os pais de uma criança que faz tratamento, Felipe Ferreira Gritti e Nadhusca Silva Sanches. ‘A cannabis tem mais de 500 compostos químicos. A magia do tratamento está nessa combinação’, avalia Paula.

Em entrevista ao Estúdio CBN, a médica Paula Dall’Stella, que é diretora científica da Associação de pacientes em uso de cannabis medicinal, afirma que a substância psicoativa da maconha também é necessária nos tratamentos. ‘Não existe mágica sem o THC’, explica. Para ela, a principal barreira para a popularização dos tratamentos com a planta é o preconceito. ‘Um obstáculo muito grande é a falta de informação’, avalia.

Já Felipe Ferreira Gritti, pai da menina Nalu, que usa derivados da planta para tratar convulsões, afirma: ‘a gente não tem o apoio da rede pública quando se trata de cannabis’. A médica Paula ainda comenta a produção dos medicamentos a base de cannabis, que é feita por associações independentes. ‘Na verdade, isso é uma responsabilidade do governo que as associações assumiram. Agora, a Anvisa vai regulamentar. Tomara que seja de uma forma abrangente’, diz ela.

Atualmente, um óleo de cannabis produzido no Brasil custa entre R$ 150 e R$ 800. A primeira e única associação de pacientes do país que tem autorização judicial para cultivo da maconha para fins medicinais é a ‘Abrace’ (Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança). Cassiano Teixeira, diretor e fundador da entidade, acrescenta: ‘as pessoas que estavam usando o óleo tinham tanto benefício que cabia ao Estado protegê-las, e não impedi-las. Então eu cometi um crime para pedir a proteção. Eu assumi o risco e abracei a causa’.

Fonte: CBN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Cannabis medicinal no Brasil: veja o que muda com as novas regras da Anvisa

A regulamentação de produtos à base de maconha no Brasil foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (3). Com a decisão, produtos feitos com cannabis para…
View Post