Governador de Nova York defende legalização da maconha

Total
0
Shares

O governador de Nova York defendeu, nesta segunda-feira, a legalização do uso recreativo da maconha em seu estado, uma medida que amplificaria um movimento em curso nos Estados Unidos e no resto do mundo.

“Legalizemos a maconha com fins recreativos para os adultos de uma vez por todas”, disse nesta segunda-feira o democrata Andrew Cuomo, reeleito em novembro governador do estado, de cerca de 20 milhões de habitantes, em um discurso sobre suas prioridades legislativas para 2019.

Este anúncio marca uma evolução da postura do governador, que emerge como um modelo de progressismo diante do governo do republicano Donald Trump.

Durante a campanha para ser reeleito, quando disputava com a atriz de esquerda Cynthia Nixon, que defende a legalização, Cuomo disse estar aberto a essa possibilidade, apesar de ter se oposto anteriormente.

Se o estado de Nova York – cuja capital é a maior metrópole do país, com 8,5 milhões de habitantes – legalizar o uso recreativo da maconha, fortalecerá uma tendência cada vez mais dominante nos Estados Unidos e em países como o Canadá, que legalizou a cannabis para fins recreativos em outubro passado.

Nos Estados Unidos, a lei federal proíbe o cultivo, a venda e o uso de maconha, mas seu consumo recreativo foi legalizado em nove estados e na capital federal, Washington.

O primeiro estado a legalizar o uso recreativo da maconha foi o Colorado, em 2014, e desde então lhe seguiram Alasca, Califórnia, Maine, Massachusetts, Michigan, Nevada, Oregon, Vermont e Washington.

Fonte: Isto É

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like